Em 2009, a família Conti deu início à realização do sonho de cultivar castas italianas na altitude brasileira. A partir de então, com a dedicação de familiares e colaboradores, a vinícola tem elaborado vinhos com a mínima intervenção enológica possível, com a alma das castas e a harmonia com o ambiente. As castas Sangiovese, Montepulciano, Nero d`Avola, Teroldego, Pignolo, Refosco dal Pedunculo Rosso e Aglianico são as tintas cultivadas. Algumas já se expressaram em vinhos ímpares, tanto varietais, como em cortes. A coleção de brancas inclui Vermentino, Grechetto, Gewürztraminer, Malvasia Aromática e a Ribolla Gialla, que se destaca por sua habilidade para compor os vinhos Laranja, o que permite uma volta ao passado no mundo do vinho. Com essas castas brancas, obtém-se também um espumante extremamente refrescante para se adequar ao nosso clima tropical, o Penultimo.