Luigi Valduga e sua família desembarcaram no Brasil em 1875 vindos diretamente de Terragnolo – província de Trento ao Norte da Itália. A família se instalou no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, RS. Na bagagem, trouxeram as primeiras mudas de videiras e o sonho de elaborar seus próprios vinhos começou a se tornar realidade. A arte de elaborar e apreciar bons vinhos é passada de geração a geração, e foi assim que o bisneto de Luigi, Sandro Valduga aliou o conhecimento herdado de seus antepassados às mais modernas técnicas de vinificação, com um cuidado especial desde o solo onde é plantada a videira até o local de venda do produto. Por ser uma empresa familiar com produção limitada, a vinícola tem como meta principal a elaboração de vinhos, sucos e geleias diferenciados, que possibilitam prazer e satisfação a seus apreciadores. Os vinhedos da Terragnolo estão no Vale dos Vinhedos, região de suaves colinas cobertas por parreiras e reconhecida como uma das melhores na produção de vinhos. O Vale dos Vinhedos foi a primeira região brasileira a obtever em 2002 o reconhecimento como Indicação Geográfica, podendo conceder aos vinhos que dentro dos padrões estabelecidos o selo de Indicação de Procedência (IP). A partir de 2011, com o reconhecimento do Vale como Denominação de Origem (DO), os produtos obedeceram a regras mais específicas em relação à produção da uva e à elaboração do vinho, como já se encontra nos vinhos Terragnolo.