O estado do Maranhão é sinônimo de beleza e prazer e abriga verdadeiros tesouros naturais como os Lençóis Maranhenses, as chapadas e cachoeiras da região Sul, o Delta do Parnaíba e o aconchegante Rio Preguiças mais ao norte do estado, além, é claro, do charme das ruas e construções coloniais e sobrados portugueses de São Luís. O estado oferece uma gastronomia de notável diversidade e sabor, e nela, uma bebida pouco conhecida surpreendente. Os maranhenses souberam preservar a diversidade de influências culinárias que sua rica história recebeu, a diversidade lusitana de carnes, vinhas de alho, temperos perfumados de ascendência árabe, preparos deliciosos de peixes e o deleite de seus ricos doces.

Souberam também conservar a marca africana do leite de coco, do dendê, das pimentas, da galinha d’angola, do cuxá, dos molhos intensos. Também mantiveram vivas tradições de um povo que aqui sempre esteve, mas foi vítima de um quase desaparecimento: o indígena. Com alimentação rica e diversificada, que vai das caças às inúmeras frutas, das raízes aos insetos e sólida base na mandioca, do milho e feijão, nossos ancestrais produziram na região a aguardente de mandioca: a Tiquira – uma bebida 100% brasileira.