Nos primórdios, os índios brasileiros produziam e bebiam o Cauím, fermentado alcoólico preparado a partir da mandioca. A bebida era consumida em cerimônias e ocasiões especiais. Com a destilação do Cauím chegou-se a Ti-kyra, palavra tupi que significa líquido que goteja. Sendo a bebida típica do Estado do Maranhão, a Tiquira Brasil instalou sua indústria no município de Santo Amaro no Maranhão, mantendo o produto na região de origem, preservando assim a cultura e valorizando a tradição da fabricação da tiquira na localidade, respeitando sobretudo o meio ambiente. Como indústria sustentável, a mão de obra desde a construção é local, e os funcionários da fábrica são todos da região. A matéria prima é fornecida por pequenos agricultores de mandioca da localidade, com objetivo de fomentar a agricultura familiar.