Ainda no século XIX, o patriarca João Ferreira Carneiro já produzia os doces grãos no fértil solo de Santo Antônio do Amparo, onde hoje está situada a Fazenda Guariroba. Sua paixão pelos sabores e aromas do café foram transmitidos por cinco gerações de descendentes, chegando até Homero Aguiar Paiva. Homero adquiriu parte da centenária Fazenda Cachoeira e, com ajuda do seu irmão Renato Paiva (agrônomo), escolheu as melhores espécies de café para manter o cultivo, dando origem a Fazenda Guariroba - nome em homenagem às terras de seus avós materno.